Curiosidades EUA x Brasil

Sempre ouvimos falar das diferenças culturais, organizacionais, etc. dos Estados Unidos em relação ao Brasil. Mesmo no mundo globalizado, poder estar lá e comprovar pessoalmente pode trazer ainda algumas surpresas e curiosidades. Vou listar algumas, depois de ter visitado Orlando:

  • Comida: Todo mundo fala que a comida nos EUA é ruim. Bom, é verdade! Tudo com muita gordura, açucar, pimenta, regado a mega-copos de coca-cola! Depois de passar um tempo lá, você verá que comemos muito bem no Brasil!
  • Água: Curiosamente, todas as garrafas de água que comprei eram de água destilada (a última vez que tinha visto uma era no tempo das velhas baterias de carro, hehehe), adicionadas de alguns minerais. Pelo jeito, diferente do que acontece no Brasil, onde temos (por enquanto) excelentes águas minerais engarrafadas diretamente após sair do solo, lá eles não devem ter essa dádiva, ou então preferem “fabricar” a água pra ter certeza que está livre de impurezas.
  • Obesidade: Você já deve ter visto zilhões de vezes no Fantástico, etc. que a população Americana está cada vez mais gorda. Infelizmente, é a pura verdade! O número de “mega-gordos” que andam por todos os lugares em carrinhos/cadeiras motorizadas (scooters) me surpreendeu! Mas pude observar que muitos deles pareciam abusar desses carrinhos por pura “preguiça” (e não por uma condição de saúde), pois quando precisavam, simplesmente ficavam em pé e saíam andando.
  • Carrões: Nas ruas, a maioria dos carros são “carrões”, do tipo Camaro, SUV’s, etc. Muitos deles japoneses, e algumas marcas que nunca ouvi falar. Previsível, visto que lá os carros custam 1/3 do preço que pagamos aqui (ou até menos).
  • Organização: Pelo menos nos lugares que visitei, tudo era muito organizado e limpo. Obviamente, deve haver as exceções, mas não as conheci 🙂
  • Preços: Roupas, calçados, eletrônicos, óculos, etc…. tudo muito mais barato do que aqui. Chega a ser revoltante, afinal, ganhamos menos e pagamos mais, as vezes por coisas de qualidade inferior.
  • Best-Buy: Apesar de ser um paraíso de eletrônicos, o atendimento dos vendedores é péssimo. Já tinha lido isso em outros sites, e pude comprovar pessoalmente.
  • Passarinhos: Curiosamente, no hotel que fiquei (bastante arborizado), era praticamente impossível encontrar passarinhos nas árvores. A coisa chega ao ponto de colocarem auto-falantes escondidos nas arvores, reproduzindo o canto de passarinhos!!! Meio deprimente isso…
  • Cartão de crédito: Usei o cartão (VTM) pra quase tudo, NUNCA tive que digitar a senha! Em alguns casos, você tem que assinar o recibo em uma tela LCD, mas nada de senha! Enfim, perdeu o cartão, dançou!
  • Aeroportos: Dá até vergonha chegar no Brasil e encontrar um Cumbica pela frente! A infraestrutura dos aeroportos, não só nos EUA, como na Europa, dão de 10 a zero nos nossos. Essa copa vai ser uma vergonha!
  • Asfalto: Por onde andei, encontrei avenidas e rodovias de duas até 7 faixas de rolagem e asfalto impecável. No entanto, o maior limite de velocidade era 65 mph (cerca de 118Km/h), ou seja, quer correr, vá pra Alemanha!
  • Em diversos lugares (especialmente nos parques), existem máquinas de prensar moedas, estampando algum tema nelas. Você coloca “x” moedas, parte delas fica na máquina, e uma delas é prensada ao girar uma alavanca, “imprimindo” o tema escolhido. Acho que o governo não deve gostar muito dessa idéia, heheh.
  • Diferente daqui, lá as latinhas de alumínio de cerveja tem formato de garrafinhas.

Veja também meu post sobre Visa Travel Money, Parques, e Compras em Orlando.

Share and Enjoy !

0 0

Deixe uma resposta