A história da WarmBoot BBS

O texto abaixo foi extraído da primeira edição do WarmNews, uma publicação eletrônica criada por mim em 1994, e distribuída em diversos BBS pela RBT, ainda na época em que era SysOp da WarmBoot BBS. O texto foi escrito pelo Luiz Paulo, Co-SysOp da BBS, e acredito que vai despertar muitas saudades e lembranças de quem teve o privilégio de viver aquela época 😉

Algumas das pessoas mencionadas nesse texto eu não tenho mais contato, portanto, estou mascarando parte do nome delas, por não ter autorização de menciona-los.

Com a rápida proliferação da Internet, as BBS fecharam suas portas há muitos anos, pois não havia mais sentido da sua existência. No entanto, ficaram marcadas na memória de todos aqueles que viveram aquela era de “inovação tecnológica” 😉

Carlos H. Cantu

História de um BBS (publicado originalmente em 1994)

Acho que é de grande curiosidade da maioria dos usuários saber como foi a história do seu BBS. Nas linhas abaixo, descrevemos a história do WARMBOOT BBS, desde seu planejamento até o que é hoje.

Se você é SysOp e acha que a história da criação do seu BBS é interessante, entre em contato conosco para que possamos publica-la nos próximos WarmNews !

Texto escrito por Dart Vader (WarmBoot Group).

Tudo começou em Setembro de 1992, quando um certo SysOp de Campinas cortou o acesso de 2 membros do ainda não existente WARMBOOT Group em seu BBS, alegando que não podia “dar nível” a ninguém (NE: nível se refere ao limite de acesso que um usuário tinha, indo desde ter direito a ficar poucos minutos conectado por dia e não poder fazer download, até poder máximo). Só que este esqueceu que GRANDE PARTE do que ele tinha de Multimídia na época tinha sido levado por eles. Passado um tempo, tivemos a ideia de montar o nosso próprio BBS.

Foi aí que nos reunimos com o intuito de criar o WARMBOOT BBS. O grupo era composto pelos seguintes membros e colaboradores:

  • Fabio C
  • Ricardo N
  • Marcelo D
  • Carlos Henrique Cantu (WarmBooter)
  • Luiz Paulo de Oliveira Santos (Darth Vader)
  •  João L A F

O próximo passo foi decidir qual seria o nome do BBS. Formulamos então uma lista contendo mais ou menos 50 nomes dentre os quais foram tirados 3 finalistas :

  •  SYSTEM HALTED BBS
  •  MIRROR BBS
  •  WARMBOOT BBS

No dia da escolha, eu estava viajando e somente voltei a noite. A votação estava empatada entre WarmBoot BBS e System Halted e coube a mim o desempate.

Optei por WarmBoot BBS !

Já era Novembro de 92. Tivemos então que escolher o Software Gerenciador de BBS. Por curiosidade eu tinha uma cópia do RA (Remote Access) em casa. Decidimos começar a seleção por este. Tenho até hoje impresso um DOC de quase 300 páginas que imprimi para ver seus recursos, facilidades, enfim, o que poderíamos fazer com ele. Aos usuários de RA que lerem estas linhas, não estou criticando nada e muito menos alguém. Cito apenas que não gostamos do RA e gosto não se discute, não é?

E agora? O RA não servia para nós, que software utilizaríamos? Pensamos em usar o Quick BBS. Mas este por mais poderoso e cheio de recursos que seja, também não agradou muito não.

Mas dias após este fato ter ocorrido, olhando uma listagem de arquivos do já falecido Simtel20 (Que Deus o tenha), da área de Softwares de BBS encontramos uma descrição que nos chamou a atenção devido as suas qualidades e facilidades de uso/instalação. O Software de que estamos falando é o MAXIMUS CBCS 2.0 que continua sendo usado até hoje no WarmBoot. Resolvemos então experimentá-lo e a surpresa foi grande já na instalação !

Para instalá-lo, precisamos apenas definir um diretório no qual o Maximus seria instalado, a porta serial onde estava o MODEM e sua velocidade. Pronto, já estava rodando !!

Depois desta demonstração de portabilidade e facilidade, tanto de operação como de configuração, foi adotado o Maximus CBCS 2.0 como Software de gerenciamento do BBS.

Adotado o Software, faltava o local onde seria instalado o BBS, a linha telefônica à ser utilizada e o Operador do sistema para atender o pessoal e fazer os MINIMUS ajustes necessários no MAXIMUS CBCS 2.0. Pois um software como este não exige SysOp 24 horas, como outros softwares disponíveis por aí.

Foi aí que um membro do grupo chamado Fabio C se prontificou a instala-lo em sua casa. E começamos a fazer os ajustes necessários. E imaginem, era o telefone da casa dele dando ocupado o dia todo enquanto estávamos testando. Um dia, já bem próximo da inauguração, um irmão dele já de saco cheio de não conseguir linha, disse a ele que não queria saber de BBS nenhum na casa dele.

A inauguração já havia sido divulgada na FIDONET, e tivemos que deixar o BBS no ar por 1 dia e informar a todos que o telefone não seria aquele, e que o BBS ficaria algum tempo desativado, enquanto procurávamos outro local.

O BBS ficou no ar das 23:00 as 2:40am apenas um dia e poucos usuários discaram. O plano era ficar a noite toda, mas o SysOp da época e um outro integrante do grupo precisaram ir a uma boate e não puderam ficar para o evento. E os poucos usuários que ligaram conseguiram coisas inacreditáveis como o usuário M Tamora, que com um RESET remoto, conseguiu dar crash no BBS. Até hoje ninguém sabe exatamente o que ocorreu. Mas derrubou o BBS e daí então batizamos o reset remoto de “Tamora’s Hang-Up”.

Mas valeu a experiência! Daquele grupo, ninguém tinha experiência como SysOp.

E sempre organizando reuniões e encontros do grupo – que na maioria das vezes era boicotado por grande parte – ficou decidido que o BBS ficaria instalado na casa do atual SysOp Carlos Henrique Cantu, e possuiria o mesmo nome com a vantagem de que agora ficaria no ar 24 horas. Tratamos de procurar um telefone para alugar (o que não foi difícil) [NE: Naquela época, ter um telefone próprio custava muito caro, então não é raro alugar linhas em imobiliárias], mas o maior problema era que não possuíamos um micro dedicado 24 horas ao BBS.

Foi então que o GRUPO ESQUEMA (uma das principais revendas de equipamento da região) decidiu nos dar uma mão e emprestar um AT 286 – 25Mhz com 2MB de RAM e 60MB de HD para que o BBS começasse a funcionar. O Modem era do atual SysOp com velocidade de 2400bps.

O grupo agora era composto por :

  •  Carlos Henrique Cantu (WarmBooter – SysOp)
  •  Luiz Paulo de O. Santos (Darth Vader – Co-SysOp)
  •  João L A F

E o BBS entrou no ar no dia 1º de Março de 1993, funcionando 24 horas por dia. Com o auxílio da Internet (NE: que na época ainda estava engatinhando) trocávamos informações diretamente com os grupos Europeus montadores de Demos de Multimídia (NE: A WarmBoot era distro oficial no Brasil da FutureCew e da Twilight Zone) e decidimos especializar o BBS neste ramo da Informática, ainda tão desconhecido no Brasil. Logo após a colocação do BBS no ar, nos tornamos distribuidores dos principais grupos de Demos e programas Multimídia do Mundo.

O próximo passo seria a filiação do BBS a uma rede de mensagens.

Em Maio tivemos nosso primeiro contato com o FrontDoor, para a troca de pacotes de mensagens com a FidoNet. Ninguém do grupo já tinha mexido com o “FRODO”, e quem prontamente nos socorreu foi um outro SysOp de Maximus, João Carlos Pires Bauer, SysOp da Scorpion BBS de Belo Horizonte. Foi ele quem nos deu várias dicas de como configurar e instalar o FRODO com o Maximus, e nos aconselhou a usar o formato de mensagem Squish (especial para o Maximus, e que permite o armazenamento de mensagens compactadas, economizando espaço no HD).

Começamos a pegar os pacotes de mensagens na CAMPNET em Campinas, pois nosso Echo-Mail Coordinator (MPC-BBS) não tinha mais horários para evento conosco (NE: a troca de mensagens era geralmente feita uma vez por dia, durante a madrugada, para diminuir o custo com os interurbanos). Após alguns problemas, passamos a pegar os pacotes da FidoNet com a TeleMídia BBS (Campinas), do SysOp João Sampaio, e estamos com esta Fido-Irmã até hoje. Agradecemos a boa vontade que o SysOp da Telemídia vem demonstrando até hoje conosco.

Devido a problemas na rede telefônica, a transmissão de mensagens era instável. Por sorte, em Julho, a TELESP mudou o telefone do WB para (0194) 26-5112 (linha digital) solucionando o problema na transmissão dos pacotes.

Em Agosto, o WARMBOOT BBS começou a trabalhar com um modem 14k4 bps (US-Robotics Sportster) possibilitando assim que usuários de fora da cidade pudessem também utilizá-lo a custos telefônicos mais acessíveis, e com um melhor tratamento dos erros de nossas linhas telefônicas.

Logo que compramos um Modem 14k4, passamos a começar a echoar a RBT (Rede Brasileira de Teleinformática) em Piracicaba. Pegamos os pacotes de mensagens da RBT através da MIX Santos, cujo SysOp é o Luiz Benfica (grande cara!).

No final de Outubro, o WB BBS adquiriu um CD-ROM, colocando à disposição de seus usuários Megabytes de Shareware.

Tanto o Modem quanto o CD-ROM foram adquiridos com a colaboração de alguns usuários que sempre atuaram para o crescimento e melhoria do WB BBS. Portanto, se o WB BBS é o que é hoje, se deve ao fato de que sempre pudemos contar com a ajuda desses usuários :

  •  Fernando A C (Dir. GRUPO ESQUEMA)
  •  Daniel Simões de Almeida (Doppi)
  •  Josnaldo Paes (Nanau)
  •  Emerson Cesar Modolo (Turfa)
  •  Sergio S
  •  M Tamora
  •  Fabio Luis Geronimo (Cachorrão)
  •  Richard S (Jeninho)

Diferente de vários BBS que possuem CD-ROM, o WarmBoot sempre atualiza seu acervo de programas com as mais recentes novidades do mercado de Shareware trazidos diretamente da Internet. Somos a maior base de DEMOS de Multimídia disponível no Brasil.

Atualmente, com a ajuda (novamente) do GRUPO ESQUEMA o WB está com um 386 40Mhz e um HD 340MB + CDROM. São cerca de 3 GIGABYTES de programas Share/FreeWare disponíveis aos usuários, sendo 1 GIGA ON-LINE.

Hoje o WARMBOOT BBS/Group é composto apenas por 2 integrantes:

  • Carlos Henrique Cantu (WarmBooter – SysOp)
  • Luiz Paulo de O. Santos (Darth Vader – Co-SysOp)

Além de sermos a maior Multimídia Site da América do Sul, dispomos de Megabytes de Músicas (MOD, S3M, WAV, CMF), telas gráficas padrão JPG, e Source Code (Código Fonte) de ModPlayers, Efeitos (Warp, ShadeBobs, Plasma) e tantos outros diretamente dos melhores DemoMakers da EUROPA. Confira !!!

Não deixe de dar uma passada por aqui e verificar o nosso acervo de arquivos. Em breve, estaremos com LINK de mensagens direto com a Internet !

WARMBOOT BBS – A MAIOR BASE MULTIMEDIA DO BRASIL

Autor: Luiz Paulo de Oliveira Santos
Darth Vader
Co-SysOp WARMBOOT BBS

Página da WarmBoot BBS no Facebook

Great2!

Deixe uma resposta