Conferência Internacional de Firebird – FIM

Quando se está em boa companhia, o tempo realmente voa! Esses três dias em que estive na conferência internacional foram realmente muito gratificantes e divertidos. Apesar de toda a complicação e problemas de última hora que uma viagem internacional pode gerar, quando os amigos começam a chegar o clima é tão bom que esquecemos de tudo.

Esse ano tive a oportunidade de encontrar o Marco Cantu, famoso autor de livros de Delphi, e provavelmente um parente distante. Marco é uma pessoa divertida, e apesar da fama, continua uma pessoa muito simples!

Outra pessoa muito divertida é o Marius Popa, ativo colaborador do site FirebirdNews, e que até então só conhecia via email. Além do que, também toca guitarra e gosta de Heavy Metal, nem preciso falar que nos entendemos muito bem! 😉

Infelizmente, quando se está aqui, fica difícil arranjar tempo para blogar. Postei mais algumas fotos no Picasa. Nos próximos dois dias vou tentar passear um pouco, antes de voltar ao Brasil.

Conferência Internacional de Firebird

Hoje foi o primeiro dia da Conferência Internacional de Firebird, em Bergamo, Itália.

Tivemos algumas palestras bastante interessantes. Como apresentei minhas duas palestras hoje, acabei não tendo muito tempo para assistir as outras. Consegui assistir a palestra do Vlad, sobre Common Tables Expressions (um recurso introduzido no FB 2.1 e bastante interessante) e a palestra sobre Segurança, que deveria ser apresentada pelo Alex Peshkov, mas como ele não conseguiu o visto, acabou sendo apresentada pelo Dmitry Yemanov.

Aproveitando o assunto de segurança, na versão 3.0 do Firebird teremos usuários locais no BD (se assim preferirmos), no entanto, isso não acabará com o problema do banco ser “roubado” e o ladrão conseguir entrar no banco usando o SYSDBA, portanto, para ter segurança máxima, continuaremos tendo que configurar o sistema operacional e a rede para impedir o acesso fisico ao arquivo pelos “penetras”. Infelizmente, a solução para esse famigerado problema não é fácil, pois sendo um banco open source, qualquer hacker pode baixar o código, alterar removendo as rotinas de autenticação, e portanto fazer o acesso a base de dados. Em suma, a proteção é não deixar o arquivo de banco de dados cair em mãos erradas.

Infelizmente não pude assistir a Palestra do Ivan Prenosil (10 maneiras para fazer backups), pois foi paralela à palestra do Vlad. Mas ela provavelmente foi gravada, então ainda há esperança 😉

Como sempre, o melhor da Conferência Internacional é encontrar os amigos e passar algumas horas trocando idéias e conversando sobre coisas interessantes que todos nós gostamos!

Para ver algumas fotos, acesse o link picasaweb.google.com.br/warmbooter/FirebirdConferenceBergamo2008. Tentarei postar mais fotos nos próximos dias.