Absurdos de um país que faz de tudo pra continuar atrasado

Segue mais um desabafo real sobre a mentalidade atrasada do governo brasileiro, além da irracionalidade e absurdos da legislação atual:

Comprei um DVD pelo eBay (um disco, não um player!) que veio do país “hermano” (aka. Argentina). O rastreio mostra que a viagem foi rápida (2 dias) mas, pra variar, a Receita Federal ficou com o pacote parado para fiscalização por mais de um mês. Além disso, resolveram tributar o pacote! Kramba, tributar um DVD? Chega a ser rídiculo! Será que o governo tá com o caixa tão baixo assim pra apelar dessa forma?

Pior! O valor do imposto ficou em R$ 9,74. Com certeza esse valor não paga nem mesmo a burocracia do processo envolvido: fiscais, emissão de nota fiscal, emissão de aviso de recebimento pelos Correios, tempo gasto pelas pessoas envolvidas, etc. Eis um exemplo onde a fome do governo acaba se tornando um tiro no pé!

Sendo assim, podemos constatar vários absurdos:

  1. O povo brasileiro continua a mercê de uma política atrasada. No mundo de hoje, esperar meses pela chegada de uma mercadoria chega a ser um desrespeito com o cidadão.
  2. Tributar produtos baratos, como um CD ou DVD, mostra-se um “tiro no pé” do próprio governo, pois o custo do processo acaba ficando mais caro do que o próprio imposto a ser recolhido.
  3. O DVD, mesmo com o imposto e o frete internacional, acabou custando menos do que a versão nacional do mesmo DVD  (resta saber se a culpa é da ganância dos comerciantes, dos impostos absurdos, ou a soma dos dois).

Enfim, por enquanto, só nos resta botar pra fora e reclamar. O voto é nossa arma, mas de que ele adianta se nenhum candidato presta?