Efeitos da ignorância

Hoje, parece que virou moda posar de “defensor das causas sociais, sustentabilidade e qualquer outra coisa que tenha apelo social”, mesmo quando o resultado é “um mico”.

Recentemente, tivemos um episódio que comprova isso:

Primeiro, um festival (SWU) que defende a sustentabilidade, mas que na prática, não ofereceu nem mesmo estacionamento para bicicletas, impediu que as pessoas entrassem com água ou qualquer alimento, ofereceu condições péssimas de higiene e alimentação, e muito mais, como pode ser facilmente conferido nas dezenas de depoimentos espalhados pela Internet.

Segundo, nesse mesmo festival, a banda Rage Against the Machine se encontrou com integrantes do MST. O vocalista, segundo dizem, chegou a se comprometer a doar parte do cache para eles, posaram para fotos como defensores do movimento, e o guitarrista (a exemplo do presidente que nunca sabe de nada), tocou usando um boné do MST.

Agora eu pergunto: O que os integrantes do RATM sabem a respeito do MST ou dos problemas sociais dos Brasileiros? Será que eles sabem que o MST é corrupto como muitos outros movimentos desse país? Que eles já chegaram a destruir áreas e pesquisas que estavam sendo desenvolvidas há muito tempo? Que fazem comércio com os lotes de terra recebidos do governo?

Seria bom que alguém com consciência, mostrasse para os “paraquedistas” estrangeiros, a verdade por trás dos fatos, para evitar esse tipo de “mico”, e ainda dar publicidade a movimentos que não a merecem. Assim como seria muito bom que os produtores de shows que se dizem “pró-sustentabilidade”, fizessem a lição de casa, e garantissem que pessoas que pagaram caro para estar lá, tivessem o mínimo de condições para aproveitar o festival como se deveria.

PS: Só pra constar, não fui no SWU (graças a Deus) e não sou fazendeiro. Apenas acho um absurdo alguns acharem que as pessoas nesse país não tem cérebro.