O que você pensa sobre esta decisão?

Veja este caso do roubo de duas melancias por dois homens. A meu ver, a decisão tomada pelo juiz foi correta, presumindo-se que os individuos não tinham passagem pela polícia por crimes sérios. Provavelmente, se mais juízes tivessem essa atitude, não teríamos cadeias superlotadas que ao invés de “corrigir” as pessoas, servem como escolas do crime para a maioria. E coitado daquele que cair ali dentro injustamente e não tiver $$ pra contratar um bom advogado.

Censo Open Source

Sabe aquela história de que tem coisas na vida que não adianta discutir porque cada um vai falar uma coisa, o assunto vai rolar por horas, e no final das contas, não haverá consenso? Enquadra-se aí religão, futebol, política e, obviamente, Open Source!

Se você conversar com um “xiita” Open Source, ele provavelmente dirá que o Windows está perdendo mercado rapidamente, que o Linux está sendo usado cada vez mais em desktops, etc. etc. Pergunte a mesma coisa pra outra pessoa e a resposta pode ser a inversa. Ou seja, não existe consenso.

Para tentar trazer uma “verdade” sobre a real utilização do OpenSource no mundo, criaram um “Censo Open Source“. Funciona assim: Você baixa um programinha (Open Source) que vai rodar na sua máquina e procurar por diversos pacotes Open Source instalados. Ele vai coletar essa informação e enviar para o pessoal do censo, anonimamente (quem duvida pode baixar o código do programa e ver por si mesmo).

Com isso, espera-se obter números mais reais do uso de softwares Open Source em todo o mundo. Se você olhar no site do projeto, verá que um dos patrocinadores é a Microsoft, o que não é surpresa, visto que é do interesse de qualquer empresa comercial de grande porte saber com mais precisão os números sobre a utilização de software OS.

O resultado atual não mostra grandes novidades. O Firefox aparece em primeiro lugar e o Open Office em décimo. A distribuição Linux mais usada é o Ubuntu, seguido pelo Debian e SuSE.

CSS – Fique esperto!

Atenção! Segue a lista da cambada que votou a favor da CSS – Contribuição Social para a Saúde (substituta da CPMF)! Se você votou em algum lazarento desses, abra o olho e não cometa a mesma besteira novamente. E para quem defende que o “imposto” vai melhorar a saúde do país: IPMF e CPMF tinham o mesmo propósito, e a única saúde que melhorou foi a do bolso do governo, e da corja que mama nas tetas dele. Acorda Brasil!!!

GPS esperto no iPhone?

iPhone GPSO assunto do dia hoje foi as “novidades” apresentadas por Steve Jobs (Apple). Pra variar, o iPhone teve o maior destaque. A Nova versão do aparelho trará suporte a redes 3G e GPS embutido. Nada disso é “novidade” se avaliarmos que a concorrência já oferece esses recursos há algum tempo, em alguns aparelhos. O que faz do iPhone tão cobiçado é sua interface inovadora e, obviamente, o “charme” associado ao aparelho.

De qualquer forma, o que eu gostei de saber é que o software de navegação do iPhone é inteligente, e não fica preso só ao GPS para localizar o usuário. Pelo que consta no site, ele usa um mix de GPS + Wifi + Torres de Celulares para fazer a sintonia fina e oferecer uma localização mais precisa. Não conheço nenhum outro software de navegação que faça a mesma coisa. Até os mais conhecidos, como Destinator e iGo, não tem esse recurso nas suas atuais versões, ficando presos ao sinal do GPS.

O GPS oferece melhor precisão, mas quando se está em um túnel, ou mesmo debaixo de algum “teto”, o sinal some e aí vc fica lançado à sorte. É aí que a possibilidade de usar alternativas, como a presença de hotspots wifi ou triangulação de sinal de celular entra como uma grande ajuda!

Fragmentação em drives Flash

Com as recentes melhorias feitas no Firebird 2.1 referente a fragmentação do arquivo de BD no HD, e com a tendência de que em um futuro “não tão distante”, os HDs sejam substituídos por SSD (Solid State Drives – aka. Flash), fiquei me perguntando se não seria perda de tempo gastar tempo e recursos com esse tipo de melhoria.

Após uma rápida “googlada”, encontrei um artigo que afirma que os drives baseados em memória “formatados” com FAT ou NTFS podem sofrer do mesmo problema de fragmentação que os HDs. Sendo assim, as otimizações recém criadas não foram perda de tempo 😉

De qualquer forma, acredito que no futuro, novas tecnologias de armazenamento em memória (que já estão sendo desenvolvidas) possam resolver esse problema. Vamos esperar para ver.

1 2