Prêmio Grammy (Cremelim)

Adicionando mais um MP3 do Djalma… dessa vez é a apresentação do prêmio Grammy, transmitido diretamente dos EUA, da cidade de Mongaguá 😀

Obviamente o prêmio é uma zoeira só, a começar pelos ganhadores… Ataufo Alves, Arlípio Martins, Silvio Santos, Carlos Aguiar, etc.

O evento é encerrado com o prêmio de melhor disco do ano: Eduardo e Mônica, uma paródia da música gravada pelo legião urbana.

Baixem o MP3 aqui.

Brasil – oasis do Open Source?

É difícil encontramos na imprensa internacional, um artigo que reflita tão veridicamente a atual realidade do Brasil em relação ao uso de softwares Open Source, bem como o incentivo do Governo para a adoção dos mesmos. Pois bem, este artigo publicado no Linux.com mostra com veracidade a atual situação do país em relação a esse tema.

O artigo é longo, mas vale a pena ser lido. Ele cita diversos problemas que mostram que a coisa aqui não é bem do jeito que pintam lá fora. Por exemplo, a maioria das pessoas que compraram o “Pc Conectado”, criado no governo Lula, com sistema operacional Open Source, instalou depois um Windows pirata. Mostra também o conceito que a maioria dos brasileiros tem em relação ao Open Source, onde geralmente associam esses softwares ao fato de serem gratuitos e totalmente “livres” para uso e distribuição, o que nem sempre é verdade.

Com isso, muitos aqui utilizam softwares open source infringindo a licença dos mesmos. Um bom exemplo é o MySQL… pouca gente sabe, mas para alguém distribuir os binários do MySQL junto com um sistema de sua autoria, pelo que dita a licença GPL adotada pelo MySQL, ele seria obrigado a distribuir também o código fonte do seu sistema.

Em suma, no Brasil ninguém se importa com licença, seja ela comercial ou não…

Abertura do programa

O programa Djalma Jorge tinha particularidades que acabaram se tornando marcas registradas. As palavras erradas (ex: ténica, melódia, etc.) e o uso de músicas de fundo, digamos… não muito atuais (mesmo para a época) enquanto o Djalma falava as besteiras, acabaram dando uma personalidade própria ao programa.

Estou colocando no ar mais um MP3, dessa vez com a abertura de um dos programas, que sempre começavam com a mesma música de fundo (ouça e você vai reconhecer imediatamente). Logo em seguida, entra o Jornal do Djalma, apresentado pelo repórter Ciliano, que sempre trazia notícias totalmente inúteis e retardadas, além de ser narrado em cima de uns tambores que ficam tocando de fundo 🙂

Vale lembrar que o programa fazia muitas referências a Rede Globo, mas usava o nome de “Rede Zambow” 😀

Djalma Jorge

Djalma Jorge

Quem já tem “uma certa idade” deve se lembrar, na década de 80, na Jovem Pan FM, um programa que passava aos finais de semana, lá pelas 20:00, o Djalma Jorge Show (ou Djalma Jorge-lhes Show-lhes) 🙂

O programa era uma palhaçada só… o Djalma (locutor) falava tudo errado, acompanhado pela sua equipe: o Diretor, Ciliano-Ciliano, Paraíba, Carlos (o mudo), Chefe Bródy, Timoti, etc. O programa só tocava músicas velhas e/ou bregas, como aqueles forrós nordestinos (ex: Talco no salão, cantado como “dá o c* no salão”, etc.). Durante o programa, a equipe do Djalma fazia as palhaçadas, como quadros do rim-tim-tim, Silvio Santos, Jornal Naciobral e o “Vida e Morte” de algum artista famoso, onde eles inventavam um monte de m*rda sobre algum artista (ex: Michael Jackson, Madona, etc) e faziam uma retrospectiva da sua vida 😀

1 2