Correios, Receita Federal e o terceiro mundo

подаръциОткъде да купя иконаDesde o tempo que a internet só estava disponível no Brasil em algumas universidades, eu já fazia compras através dela. Nem mesmo a web era popular! Para comprar CDs, por exemplo, você dava Telnet no servidor da loja, e ia “navegando” através de menus em texto puro, escolhendo o que queria, adicionando a “cesta de compras” e finalizando com o pagamento usando cartão internacional.

Naquela época, o serviço dos Correios era um exemplo de competência, com preços muito mais justos.

Infelizmente, de uns anos pra cá (coincidência ou não, desde o governo Lula), o que tenho percebido é uma queda de qualidade tremenda nos serviços dos Correios. Isso sem falar do aumento do custo de postagem. Por exemplo, um Sedex hoje chega a custar mais caro do que o frete de uma encomenda vinda dos Estados Unidos.

Rastreamento? Tem sorte aqueles que conseguem rastrear um objeto durante todo seu percurso. Não são raras as vezes em que o rastreio só mostra a data de postagem e a de entrega. O “meio do caminho” simplesmente não existe! Já aconteceu também de receber uma mercadoria registrada, onde a única informação de rastreio apareceu no site dos Correios depois que ela já tinha sido entregue!

Pra piorar um pouco mais a vida daqueles que, como eu, costumam comprar do exterior, quem dá o azar de ter a mercadoria fiscalizada nas UTIs (Unidade de Tratamento Internacional) anda tendo que esperar um tempo absurdo para que a mesma seja liberada! Veja o exemplo de uma bateria de notebook que comprei pelo eBay, vinda da China:

Data Local Situação
22/03/2012 16:51 CTE CURITIBA/GEARA (ENC INTERNACIONAL) – CURITIBA/PR Encaminhado
Em trânsito para RFB – TRIBUTADO – EMISSÃO NTS
19/03/2012 09:25 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL PARANA – CURITIBA/PR Conferido
Recebido/Brasil
09/03/2012 11:14 CHINA – CHINA Encaminhado
Em trânsito para UNIDADE DE TRATAMENTO INTERNACIONAL – BRASIL

Em suma: o produto saiu da China em 09 de Março, chegou no Brasil dia 19 de Março e foi enviada para a UTI de Curitiba no dia 22 de Março, e está lá até hoje (12Abril), ou seja, ela está na UTI há mais tempo do que demorou pra vir do outro lado do mundo!

Agora resta saber se ela (com o perdão do trocadilho) morreu na UTI, ou se um dia vai ressuscitar e chegar ao seu destino. Liguei nos Correios para obter mais informações, mas disseram que não podem fazer nada, pois a mercadoria está na Receita Federal, que supostamente teria até 2 dias para liberá-la, mas que, como pode ser visto, está longe de cumprir esse prazo. Tudo para que? Tributar um item que custa USD 37, que não é vendido no Brasil, onde nem mesmo existe mercadoria compatível! Que outra opção eu teria a não ser comprar de fora?

Tenho notado também que o número de extravios aumentou consideravelmente nos últimos meses. Cada vez mais é comum encontrar anúncios no eBay e outros sites internacionais, onde o vendedor não vende mais para o Brasil, devido ao alto número de reclamações de produtos que nunca chegam.

Resta sentar e chorar, afinal, quem manda viver num país que há muito tempo poderia ser muito mais do que é, mas que infelizmente, graças a um povo conformado e a políticos que só pensam em tirar vantagem, continua afundado em todos os problemas e burrocracias inerentes ao chamado “terceiro mundo”, ou seria quarto?

Bom, talvez eu deva apelar para o São Longuinho! Quem sabe com intervenção divina, a mercadoria aparece!

Atualização (02/Maio):

Recebi a mercadoria hoje. Pra variar, tributaram um valor “chutado”, mas como ficou muito próximo do que eu realmente tinha pago, aceitei sem pedir re-cálculo. Abaixo a “saga”, observem o absurdo de tempo que ficou parada na receita federal:

Data Local Situação
02/05/2012 17:43 AC PIRACICABA – PIRACICABA/SP Entrega Efetuada
30/04/2012 09:59 AC PIRACICABA – PIRACICABA/SP Aguardando retirada
Endereço: AV, ARMANDO SALLES DE OLIVEIRA PIRACICABA – CENTRO
28/04/2012 10:12 CEE PIRACICABA – PIRACICABA/SP Encaminhado
Em trânsito para AC PIRACICABA – PIRACICABA/SP
27/04/2012 07:44 CTE CAMPINAS – VALINHOS/SP Encaminhado
Encaminhado para CEE PIRACICABA – PIRACICABA/SP
26/04/2012 21:36 CTE CURITIBA – CURITIBA/PR Encaminhado
Encaminhado para CTE CAMPINAS – VALINHOS/SP
22/03/2012 16:51 CTE CURITIBA/GEARA (ENC INTERNACIONAL) – CURITIBA/PR Encaminhado
Em trânsito para RFB – TRIBUTADO – EMISSÃO NTS
19/03/2012 09:25 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL PARANA – CURITIBA/PR Conferido
Recebido/Brasil
09/03/2012 11:14 CHINA – CHINA Encaminhado
Em trânsito para UNIDADE DE TRATAMENTO INTERNACIONAL – BRASIL

 

Diga não para a taxa fixa da telefonia fixa

ХудожникRecebi o seguinte email, e já dei o meu voto a favor desse projeto. Votar é realmente muito rápido, e acredito ser um assunto do interesse de todos que tenham linha fixa de telefone. Repassando:

Pessoal, realmente é rápido e podemos colaborar com o nosso bolso. Basta você ligar e seguir as orientações abaixo. Divulgue

SE CADA UM FIZER UMA LIGAÇÃO E REPASSAR PARA, PELO MENOS, MAIS CINCO PESSOAS, E ESTAS AGIREM DA MESMA FORMA, CONSEGUIREMOS, EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO, UM NÚMERO QUE SERÁ RESPEITADO PELOS CONGRESSISTAS…!!!

A QUESTÃO NÃO É SÓ PASSAR ADIANTE, MAS  LIGAR PARA O NÚMERO INDICADO .

É BEM SIMPLES E RÁPIDO, EU LIGUEI E VOTEI A FAVOR DO CANCELAMENTO

CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA de: R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)

Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado. Ligue 0800-619619. Quando a secretária eletrônica atender, então digite:  1 (um) , depois novamente 1 (um) , e por fim 1 (um) novamente . Assim você votou a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo.

O  Projeto de Lei é o de n.º 5476 , do ano de 2001.

Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm
interesse e não estão preocupados com isso. Então nós é que temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!

O telefone a ser discado (0800-619619, de segunda à sexta-feira das 08 às
20h) é da Câmara dos Deputados Federal.

Passe para frente esta mensagem para o maior número possível.

LIGUE: 0800-619619 . Vamos divulgar!!!

Se aprovado o projeto, passará a ser lei e, a partir de então, cada um só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal.
Este projeto está tramitando na ‘COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR’, na Câmara.

Quanto mais ligar, maior a chance de ser aprovado.

NÓS BRASILEIROS AGRADECEMOS!

Não adianta a gente ficar só reclamando. É preciso que cada um contribua
para que possamos conseguir aprovar o que nos interessa.

Quando podemos, temos que tomar alguma atitude contra os ladrões que
surrupiam nossas pequenas economias…

Envie uma cópia para TODOS OS SEUS CONTATOS!

É mais fácil culpar o dólar

Hoje o governo brasileiro tomou mais uma medida que, segundo ele, visa conter a queda do dólar. A desculpa é sempre a mesma: proteger os produtos brasileiros, que ficam mais caros com o dólar baixo e, portanto, geram queda nas exportações e aumento das importações.

Até quando isso vai? Todos sabem que os produtos brasileiros são mais caros devido ao custo Brasil, que inclui carga exorbitante de impostos, extrema burocracia, e infraestrutura precária (pra não dizer “um lixo”) de transporte, portos, etc.

Esse absurdo, que existe desde que me conheço por gente, não tem data pra acabar, e pelo jeito, o governo não está nem um pouco interessado em solucionar o problema de forma definitiva (e correta), afinal, estão rindo a toa com os recordes de arrecadação contínuos dos últimos anos.

É vergonhoso que um país do porte do Brasil, continue sendo gerido dessa forma. Em parte, a culpa é do povo, que escolhe seus governantes. Mas o que fazer quando nenhuma das opções de voto são boas? Infelizmente, não temos a cultura do protesto, e isso permite que o governo deite e role da forma que quiser.

Tão absurdo quanto ridículo é pensar que em pleno ano de 2012, os brasileiros ainda sejam submetidos ao limite risível de isenção de até USD 500 em produtos trazidos em viagens para o exterior, ou USD 50 dos que vêm pelo correio (isso se for de pessoa física para pessoa física)!

O pior do que não ter uma perspectiva de melhora, é saber que ainda pode (e provavelmente vai) piorar 🙁

#FAIL

O assalto

– Alô? Quem tá falando?

– Aqui é o ladrão.

– Desculpe, a telefonista deve ter se enganado, eu não queria falar com o dono do banco. Tem algum funcionário aí?

– Não, os funcionário tá tudo refém.

– Há, eu entendo. Afinal, eles trabalham quatorze horas por dia, ganham um salário ridículo, vivem levando esporro, mas não pedem demissão porque não encontram outro emprego, né? Vida difícil… Mas será que eu não poderia dar uma palavrinha com um deles?

– Impossível. Eles tá tudo amordaçado.

– Foi o que pensei. Gestão moderna, né? Se fizerem qualquer crítica, vão pro olho da rua. Não haverá, então, algum chefe por aí?

– Claro que não mermão. Quanta inguinorânça! O chefe tá na cadeia, que é o lugar mais seguro pra se comandar assalto!

– Bom… Sabe o que é? Eu tenho uma conta…

– Tamo levando tudo, ô bacana. O saldo da tua conta é zero!

– Não, isso eu já sabia. Eu sou professor! O que eu queria mesmo era uma informação sobre juro.

O Brasil não muda mesmo :-(

иконописMais uma vez, o brasileiro sai perdendo devido a política tributária absurda adotada nesse país.

Quando os carros chineses/coreanos começaram a chegar por aqui, completos e com preço muito inferior aos nacionais (não vou discutir qualidade), fiquei com a esperança de que esse mercado que há tempos adota a filosofia do “porque vender mais barato se mesmo vendendo caro estamos batendo recordes de venda?” iria finalmente levar uma chacoalhada e ter que se adaptar, baixando os preços e, portanto, beneficiando o consumidor.

Mas não demorou muito para o governo entrar no meio e acabar com essa possibilidade. Com a desculpa de “proteger” a indústria nacional e os empregos, elevaram em 30% os impostos dos carros importados (que tenham menos de 65% de peças brasileiras). Essa elevação afeta diretamente as montadoras chinesas e coreanas (visto que carros importados de países do Mercosul tem acordos que os mantém fora desse aumento).

Enfim,  com isso, aumentam os preços dos carros importados, ao invés de baixar o preço dos carros nacionais, e mais uma vez, quem perde é o consumidor, que se vê obrigado a continuar pagando os preços absurdos dos automóveis vendidos nesse país.

É protecionismo puro (me trouxe lembranças de uma tal de “reserva de mercado”, que muitos de vocês, profissionais de informática, devem se lembrar também).

Com isso, “ferram” as empresas de fora que estavam investindo em montar sua rede de concessionárias no país. Afinal, ninguém vai montar fábricas aqui sem ter antes uma rede de concessionárias em funcionamento.

Mais ridículo ainda, é terem anunciado isso como “redução da alíquota de IPI para os carros nacionais”! Ou seja, eles aumentam o IPI dos carros em 30%, e anunciam que os carros nacionais terão redução de 30% no IPI. Será possível que acham que todo mundo é trouxa?

Até quando?!?!?!?!

Coisa de Brasil

икониCoisa de Brasil é alguém te enviar, do estrangeiro, uma encomenda simples, que demora entre 2 e 4 dias para dar a volta ao mundo e chegar no Brasil, e depois disso, ficar 50 dias parada dentro do país, esperando a boa vontade da alfândega.

Esse é mais um exemplo da “burrocracia” desse país. Ao invés de diminuir a carga tributária para baratear os produtos e torna-los competitivos, preferem sobretaxar produtos simples, que pessoas comuns compram via internet, para uso próprio. No meu caso, foram tiras reagentes para medir glicose, coisa que o governo deveria fornecer gratuitamente para todo diabético, mas não o faz. Além de não fazer sua obrigação, os produtos vendidos no mercado interno custam até 5 vezes mais do que lá fora! Provavelmente, graças a nossa “inteligente” carga tributária.

E pra ajudar, o Correio, que já foi orgulho do país em se tratando de excelência de serviços, agora presta um serviço “porco” e caro, depois de ter sido destruído pelo governo anterior.

Até quando?!?!?

1 2 3 4 11