Oracle Free???

A Oracle anunciou recentemente uma versão gratuita do Oracle 10. Essa versão, no entanto, tem várias limitações, como por exemplo: utilizar apenas um processador, 1GB RAM e no máximo 4GB de disco.

Aparentemente é uma tentativa de “concorrer” com o MSDE da Microsoft, do que realmente fazer frente aos bancos open source, que oferecem recursos plenos sem limitações. Algumas opiniões sobre o assunto podem ser vistas aqui.

Oracle compra InnoDB, e agora?

Essa semana foi anunciada a compra da empresa finlandesa que fabrica o InnoDB pela Oracle. Pra quem não sabe, o InnoDB é um dos engines mais utilizados em bancos de dados MySQL e até agora (entre as versões estáveis já lançadas) é o único que fornece controle transacional, sendo amplamente utilizado pelos usuários do MySQL.

A compra da empresa parece ser uma jogada estratégica, para tentar frear o crescimento do MySQL e evitar que ele atrapalhe os negócios da Oracle, ou seja, ela está com a faca e com um bom pedaço do queijo na mão. Se vão usar a faca, ou quando vão usar a faca ainda é uma incógnita. Nesse link você pode ler algumas posições sobre o assunto.

Artigo sobre a Conferência em Praga

Fiquei surpreso hoje ao abrir o artigo Preview of the Firebird Conference 2005 e ver que meu nome foi citado entre os destaques da Conferência Internacional de Firebird 🙂 Muito gratificante. Por falar nisso, estou criando novos exemplos de procedures para apresentar lá, além dos tópicos que eu já havia listado no meu resumo inicial. Vamos ver como é que eu vou me virar no “inglês” 😉

Obviamente vou aproveitar esses exemplos nas minhas próximas palestras aqui no Brasil, nos eventos do DUG, FDD e outros que eu venha a participar.

1 5 6 7