Atenção, fãs do AC/DC cheios da grana…

Se você curte AC/DC, prepare-se para babar bastante, e se for louco fã suficiente, coloque a mão no bolso e gaste quase R$ 1.000 com o AC/DC BackTracks. O material é realmente caprichado, coisa pra colecionador nenhum botar defeito.

Apesar de gostar muito da banda, e ter quase todos os CDs deles, o “bom senso” não me permite gastar essa pequena fortuna…

O material, que inclui CDs, DVDs, vinil, etc.  vem em uma caixa no formato de um amplificador de guitarra (vide imagem ao lado), e o mais interessante é que o amplificador funciona! 🙂 O pacote está recheado de raridades, e pra quem coleciona, é imperdível! A banda realmente caprichou, e isso se nota até mesmo ao acessar o site, que vai abrir “em português” 😉

E aí, vai encarar?

PS: O AC/DC vai se apresentar no Brasil no dia 27/Novembro, no Morumbi, em SP. Pelas declarações feitas recentemente por Brian Johnson (vocalista), talvez essa seja a última chance de vermos a banda ao vivo.

Delphi grátis nas escolas, já!

Agora que o Delphi está nas mãos da Embarcadero, que aparentemente tem uma visão um pouco mais “inteligente” do que sua antiga dona (Borland), e a ferramenta está finalmente evoluindo na velocidade (e qualidade) dos velhos tempos, é importante que a Embarcadero perceba de que nada adianta uma ferramenta maravilhosa, se não houver mercado de trabalho para quem usa esta ferramenta.

Nos útlimos anos, C# e Java têm ganhado cada vez mais espaço no mercado de trabalho Brasileiro (e acredito que mundial, também). Na contra-mão, o Delphi, antes presente na maioria dos cursos de informática das principais universidades, tem sido “expulso” e, na maioria das vezes, substituído pelo Visual Studio. Creio que dois principais fatores levaram a isso:

  • A política de preços praticada pela Borland/CodeGear.
  • A gratuidade das ferramentas da Microsoft.

Resumindo, enquando a Borland cobra  um preço razoável, a Microsoft dá de graça.

Entender o problema é muito simples: muitos alunos terão contato com sua primeira linguagem de programação na universidade. É uma questão de lógica: a linguagem que você aprende é a linguagem que você terá preferência de usar. Se o aluno sai do curso sabendo C# ou Java, vai procurar empregos que exijam essas linguagens. Do outro lado, empresas desenvolvedoras de software, acabarão preferindo usar essas linguagens, porque encontrar bons desenvolvedores Delphi/Pascal ficará cada vez mais difícil (isso já está acontecendo).

Sendo assim, espero que a Embarcadero entenda o valor de colocar o Delphi dentro das escolas novamente! Não precisa (e nem vão conseguir) substituir o C# ou Java nos cursos, mas sim adicionar o Delphi, para que pelo menos os alunos tenham contato com a ferramenta, e conheçam seus recursos e potencial, para que aí decidam o que irão usar profissionalmente. O primeiro passo para isso, é fornecer licenças gratuitas do Delphi para as escolas, ou criar uma nova versão “Turbo”, gratuita para uso em escolas e/ou “não comercial”. Com isso, a comunidade de desenvolvedores que usam Delphi/Pascal cresceria mais rapidamente, o que em um futuro próximo, geraria mais vendas para a própria Embarcadero.

Uma proposta interessante sobre uma versão Community foi publicada no blog Te Waka Delphi.

Espero que gente da Embarcadero estejam acompanhando os posts, e levando as propostas a sério, para o bem do produto, da comunidade e da própria Embarcadero.

O que você queria saber mas tinha vergonha de perguntar.

Recebi isto via email, e achei interessante repassar:

Por que a gente soluça?
Soluço é a contração involuntária do músculo do Diafragma, responsável pela respiração. O soluço geralmente é causado por uma irritação no Nervo frênico, responsável por ativar o diafragma Devido a um aumento do volume do estômago.
E não é lenda a história de que um susto pode curar o “soluçante”, pois libera adrenalina e ativa o nervo frênico, outra saída é a água gelada, que provoca o mesmo efeito.

Ih!, meu pé dormiu!
Isso acontece porque a compressão do fluxo sangüíneo (ao cruzar as pernas, por exemplo) interrompe o tráfego de impulsos nervosos. Ao restabelecer o fluxo, acontece uma espécie de “curto circuito” nos impulsos elétricos dos nervos, daí a sensação de formigamento”.  Há até um problema conhecido como “paralisia dos amantes”.  O casal dorme junto e um deles fica em cima do braço do outro. O fluxo sangüíneo pode ficar interrompido por horas, comprometendo por meses ou até para sempre o músculo do braço”.  A saída para o formigamento restabelecer o fluxo sangüíneo, movimentando o músculo. Dependendo do caso, é necessário fazer fisioterapia.

CPMF, de novo??? Nem a pau!

Ahhh, que dó do governo, né? Arrecada “tão pouco” que não dá nem pra cuidar da saúde da população…

Brincadeira?!?!? Os caras querem criar mais uma vez um imposto pra ajudar a “saúde”, e pra tentar aprovar, contam com a mobilização da sociedade! Como se já não bastasse o absurdo que pagamos de impostos nesse país! É mais do que óbvio que o problema não é “falta de arrecadação”, e sim o mau gasto do que se arrecada, somado com a roubalheira generalizada. O dinheiro existe, e não é pouco! O problema é o destino que ele tem.

Só espero que o povo não caia na conversa do governo, e pressione os deputados e senadores pra não aprovar isso!

Dica para encontrar o menor preço

Se você é como eu, gosta de comprar tudo pela Internet, e pesquisa vários sites para encontrar o melhor preço, deve saber que uma das melhores ferramentas para esse propósito é o Buscapé, que compara o preço dos produtos em diversos sites de venda on-line.

O que pouca gente sabe, é que o Buscapé disponibiliza um plugin para Firefox e IE, chamado Buscapé na Hora. Esse plugin faz com que, sempre que você estiver visualizando um produto em um dos sites “reconhecidos” pelo Buscapé, ele imediatamente mostre o preço deste produto nos outros sites, através de um pop-up.

Clique aqui para instalar o plug-in no Firefox, ou aqui caso utilize o IE. O plug-in é bem leve e pode ser removido a qualquer hora, caso não queira mais utiliza-lo.

Veja como funciona no vídeo abaixo:

1 2 3 4 5 14