Adeus mouse!

Depois da popularização dos dispositivos touchscreen (ala iPhone e cia.), aparentemente não vai demorar muito para dispensarmos o mouse nos PCs e usarmos apenas a tela e as mãos para operar nossas máquinas. Veja abaixo um vídeo interessante da CeBIT, onde um LCD monstruoso é operado simultaneamente pelos “curiosos” de plantão, usando apenas as mãos.

Será que o Bin Laden já comprou um MacBook Air?

Essa é boa! O sujeito (americano) perdeu o vôo porque tinha um MacBook Air e os fiscais invocaram com ele, porque o notebook não tinha HD, portas de conexão, etc. Ou seja, achavam que era um notebook falso, que poderia estar transportando algum tipo de explosivo, drogas, ou sei lá o que 🙂

Acho que vou incluir “ser barrado pelos fiscais da alfândega e perder seu vôo” na lista de “perigos de ser um tecnofreak“.

Treinamento gratuito da Microsoft

Se você é um estudante do ensino médio, técnico ou universitário, e gostaria de fazer um curso de capacitação gratuito que pode lhe ajudar na hora de procurar um emprego na área de TI, saiba que a Microsoft abriu as inscrições para o curso “Students to Business”.

As inscrições podem ser feitas do dia 17 ao dia 4 de Abril, e estão abertas em 12 estados brasileiros: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e também no Distrito Federal.

Mais informações: www.centrodeinovacao.org.br.

Buscapé via SMS

Há algumas semanas atrás eu postei neste blog o fato do serviço de comparação de preços “Buscapé” poder ser acessado via SMS. Após fazer um pequeno teste com o serviço, percebi logo de cara um problema: o resultado da pesquisa é retornado aleatoriamente, significando que o primeiro SMS de retorno pode não conter os preços mais baixos 🙁

O “robô” do Buscapé retorna apenas alguns preços em cada resposta, e se você quiser ver o restante, tem que ficar respondendo as mensagens deixando 0 (zero) no texto da resposta, o que fará com que o robô envie mais um “pedaço” do resultado, e assim por diante…

Bom… já mandei a minha reclamação para eles, pedindo para que alterem o serviço ordenando o resultado pelo preço. Quanto mais pressão, mais chances de acontecer, portanto, deixe lá o seu recado também.

Reciprocidade neles!

O Brasil já repatriou, nos últimos dias, 7 espanhóis que tentaram entrar no Brasil, depois da Espanha ter barrado os 30 brasileiros que estavam indo para um congresso. Já não é de hoje que muitos Brasileiros são mandados de volta. Países como os EUA não precisam mais do que uma “desconfiança paranóica” para mandar alguém de volta… se o fiscal estiver de mal humor, vixe! aí que ninguém passa mesmo. No caso dos EUA, o Brasil já adotava a mesma política para mandar os gringos de volta. Isso, oficialmente, é chamado de reciprocidade, ou seja, eles são tratados com as mesmas regras e “carinho” que oferecem aos brasileiros.

É fato que muitos dos brasileiros que são repatriados, não tiveram o mínimo de cuidado pra saber quais as exigências para se entrar no país de destino. Quando fui participar das conferências do Firebird na Europa, tomei todo o cuidado para chegar lá com toda a documentação em dia, e evitar possíveis problemas. No entanto, conversando com o pessoal que estava no vôo, muitos deles nem sabiam que existiam exigências! Ou seja, é pedir pra dar enrosco!

Em suma, sou totalmente a favor do princípio da reciprocidade! Desde que, obviamente, os fiscais se baseiem nas exigências vigentes na legislação atual. O que o Brasil está fazendo com os espanhóis agora, é deixar de fazer vista grossa e checar absolutamente todas as exigências previstas em lei.

1 2 3